Esporte & Marketing
Futebol, outros esportes e marketing digital por Gustavo Andrade

#NoEraPenal: a vingança do México contra a Holanda e Arjen Robben

NoEraPenal México x Holanda

Algumas rivalidades no futebol marcam os duelos entre seleções. Provavelmente, nenhuma delas supera a entre brasileiros e argentinos. Porém, os argentinos alimentam uma forte rivalidade também com a Inglaterra, em consequência da Guerra das Malvinas. Outras grandes disputas surgem ao longo dos anos por circunstâncias de duelos em jogos decisivos ou lances peculiares. Foi assim que o México passou a alimentar uma forte rejeição à Holanda.

Na Copa do Mundo de 2014, México e Holanda se enfrentavam nas oitavas de final. Os mexicanos abriram o placar no início do segundo tempo, com Giovani dos Santos. O empate europeu veio em um chute perfeito de Sneijder, enquanto a virada aconteceu apenas nos acréscimos. Quando a decisão da vaga nas quartas de final caminhava para a prorrogação, Robben tentou driblar Rafa Marquez e cavou o pênalti bastante duvidoso, assinalado pelo árbitro português Pedro Proença. Huntelaar assinalou o gol da vitória e classificação holandesa.

O pênalti sobre Robben gerou a revolta dos mexicanos. O holandês, em entrevista logo após aquela partida, declarou: “Todos podem dar opinião. Essa é uma coisa legal do futebol. Há muitas pessoas pelo mundo assistindo à Copa do Mundo, e todos são livres para dar opiniões. Acho que temos de ser realistas uns com os outros. Depois do jogo, eu tenha minha opinião. Foi um pênalti claro. Começamos a nos repetir. Estamos muito orgulhosos do nosso desempenho e por atingir as quartas de final. Para nós, isso é o mais importante”. Essa declaração apenas aumentou a raiva do povo mexicano, que comemorou bastante nesta terça-feira.

#NoEraPenal: a vingança mexicana três anos depois

Os mexicanos nunca engoliram aquela marcação de pênalti e sempre trataram Robben como um trapaceiro. Assim, quando a Holanda foi eliminada nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, o povo do México fez a festa. O craque holandês até marcou os dois gols da vitória da Holanda sobre a Suécia, por 2 a 0, mas o placar não foi suficiente. A equipe laranja precisava vencer por ao menos 7 gols de diferença para chegar à repescagem.

Assim que a eliminação da Holanda se mostrava mais clara e evidente, os mexicanos emplacaram a hashtag #NoEraPenal no Twitter. Entre as celebrações, muitas destacaram o “carma” como motivo da queda da seleção holandesa, que já não havia alcançado vaga na Eurocopa de 2016, na França.

NoEraPenal Mexico x HolandaNoEraPenal Mexico x HolandaNoEraPenal Mexico x Holanda

3 anos e 103 dias de espera por vingança

A raiva dos mexicanos era tanta contra Robben e a Holanda que eles contavam os dias desde a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo do Brasil.
NoEraPenal Mexico x Holanda

NoEraPenal Mexico x HolandaNoEraPenal Mexico x Holanda

NoEraPenal Mexico x Holanda

Vingança também contra a companhia KLM

Os mexicanos não perdoaram a companhia aérea holandesa KLM, que havia celebrado a classificação sobre o México em 2014.

NoEraPenal Mexico x HolandaNoEraPenal Mexico x Holanda

A aposentadoria de Arjen Robben: alvo da revolta mexicana

Após a vitória sobre a Suécia, Arjen Robben anunciou sua aposentadoria da Seleção Holandesa. Vice-campeão mundial em 2010 e terceiro colocado na Copa de 2014, o atacante foi um grande alvo da raiva dos mexicanos. Foram 14 anos na equipe nacional.

NoEraPenal Mexico x Holanda

A zoeira também é mexicana

No Twitter, diversos foram os memes dos mexicanos em celebração do fracasso holandês.

NoEraPenal Mexico x HolandaNoEraPenal Mexico x Holanda NoEraPenal Mexico x Holanda NoEraPenal Mexico x Holanda NoEraPenal Mexico x Holanda

No Era Penal

Holanda segue sem atingir 4 Copas seguidas

Vice-campeã em 3 Copas do Mundo, 1974, 1978 e 2010, a Holanda já participou de 10 Mundiais. Porém, a Seleção Holandesa jamais alcançou quatro participações consecutivas.

A última ausência dos holandeses havia sido em 2002, depois de chegar às semifinais da Copa da França, em 1998, quando foram eliminados pelo Brasil, que acabou derrotado pela anfitriã por 3 a 0 na decisão.

México encerrou campanha com derrota

Enquanto a Holanda encerrou sua participação nas Eliminatórias com uma vitória insuficiente sobre a Suécia, o México foi derrotado na última rodada da disputa na Concacaf.

A seleção mexicana perdeu para Honduras, por 3 a 2, com direito a um gol contra do goleiro Ochoa — depois de tocar o travessão, a bola bateu nas costas do arqueiro do México e entrou. Honduras disputará repescagem contra a Austrália, que eliminou a Síria.

Porém, o México já tinha vaga garantida na Copa da Rússia, em 2018.

Festa também com fracassos de Estados Unidos e Chile

Os mexicanos ainda celebraram a queda dos Estados Unidos. Os norte-americanos foram derrotados por Trinidad e Tobago, que era o último colocado da chave e havia somado apenas 3 pontos. A vaga direta no Mundial ficou com o Panamá, que bateu a Costa Rica e disputará sua primeira Copa.

A queda dos Estados Unidos também fez parte da festa mexicana contra seus rivais. Os norte-americanos não ficavam fora de uma Copa desde México’1986.

Outro eliminado que foi motivo de festa no México foi o Chile, que ficou em sexto lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas, atrás de Uruguai, Argentina, Colômbia e Peru — os peruanos disputarão a repescagem contra a Nova Zelândia.

Goleada pelo Brasil por 3 a 0, no Allianz Parque, a Seleção Chilena havia humilhado os mexicanos com o placar de 7 a 0 na Copa América de 2016.

México Copa Chile Estados Unidos

Você concorda que os mexicanos devam comemorar tanto os fracassos de Holanda, Estados Unidos e Chile? Confira o lance do pênalti duvidoso sobre Robben e tire suas próprias conclusões!

 

E aí, foi ou não pênalti? Deixe sua opinião nos comentários!

 

post similares
  • Alex Muralha no Flamengo e o limite entre a crítica e a perseguição “Você sabe que, quando entro em quadra, eu dou tudo de mim pelo jogo? Quando estou na quadra, tudo fica de lado. E nenhum de vocês entende isso, porque nenhum de vocês joga”. A declaração dada por John McEnroe foi retratada no filme Borg vs McEnroe, que leva ao cinema uma das maiores rivalidades da [...]
  • Afinal, marketing ajuda a conquistar torcedores? Ao assumir a presidência do Atlético Mineiro, em novembro de 2008, Alexandre Kalil dissolveu o departamento de marketing do clube alvinegro. O atual prefeito de Belo Horizonte alegava que esse departamento gerava prejuízo e dizia que, no futebol, “marketing é bola na casinha”. Assim, o Atlético ficou sem departamento de marketing por 7 anos, até [...]
  • Quem é a Rakuten? Conheça a patrocinadora de Barcelona e Golden State Warriors Com expectativa de ser uma das mais atraentes dos últimos anos, a temporada 2017/2018 da NBA começa nesta terça-feira, com o duelo entre Cleveland Cavaliers e Boston Celtics. Os torcedores que esperam pelas novidades de uma série de trocas de jogadores — como a que envolveu Kyrie Irving e Isaiah Thomas — verão outra novidade [...]
  • Futparódias: futebol, música e humor em mais de 275 milhões de visualizações em 9 meses Junte futebol, música e humor, alie experiências anteriores com audiovisual e, assim, crie um fenômeno do Youtube. É mais ou menos assim que funciona o Futparódias, uma vasta coletânea de músicas que estão bombando, transformadas em paródias com letras que exploram o que há de mais quente no futebol mundial.   Neste post, recheado de [...]
  • Argentina e Messi fora da Copa: qual seria o tamanho do prejuízo? Nesta terça-feira, às 20h30, a Argentina enfrentará a altitude de 2.850 metros de Quito não apenas para vencer o Equador, mas para evitar um vexame histórico. Qualquer resultado que não seja um triunfo deixará o time de Lionel Messi fora da Copa Mundo de 2018, na Rússia — derrota e empate ainda mantêm chances remotas [...]

Comentários recentes

    Categoria

    %d blogueiros gostam disto: